AWS : ROUTE 53 roteamento baseado por região.

Route53 AWS pode ser usado para enviar os visitantes para o seu site hospedado em diferentes localizações geográficas. Route 53 DNS serviço será automaticamente encontra visitantes área geográfica a visitantes usando o endereço IP e encaminha o pedido para o servidor mais próximo, onde seu site está hospedado com base na latência de rede (roteamento baseado latência).

Neste tutorial vou explicar como configurar o serviço de DNS route53 para duas instâncias lançados em diferentes regiões.

Continue lendo “AWS : ROUTE 53 roteamento baseado por região.”

Amazon : Autoscaling via CLI

as-basic-diagram

O Auto Scaling é um recurso da Amazon que permite configurar a escalabilidade e a capacidade de sua instância.

Ferramenta é bastante útil quando se trata de ambientes que apresentam variâncias de consumo de uso por hora , dia ou semana.

A Amazon AWS não cobra nada pelo uso do Auto Scaling, somente é paga a taxa pelo uso do Amazon CloudWatch (que monitora o desempenho de suas instâncias EC2) e o valor pelas instâncias EC2 que são acrescentadas a sua VCP quando há picos de demanda. Quanta a estas instâncias há uma ressalva: Mesmo que uma instância seja iniciada por uma análise do Amazon CloudWatch por digamos 10 minutos e depois seja desligada, ainda assim você será cobrado por 1 hora integral pelo uso dessa Spot Instance.

Continue lendo “Amazon : Autoscaling via CLI”

AWS : Elastic Load Balancer (ELB)

Neste post será apresentado como configurar a ferramenta de Load balancer em ambiente Amazon.

elb

Continue lendo “AWS : Elastic Load Balancer (ELB)”

AWS – Criando uma instância com todas configurações setadas

Neste post será abordado como configurar uma instância do Apache iniciando diretamente para entrar em produção.

OBS : Este post visa a automatização da criação da instância do Apache , não a instalação em si . Segue abaixo links com posts relacionados ao Apache :

http://fajlinux.com.br/linux/web-server/apache/

Continue lendo “AWS – Criando uma instância com todas configurações setadas”

Fail2Ban : Bloqueando ataques em ambiente Web

Alguns servidores ficam abertos para a internet quando consumimos serviços de cloud e algumas atenções às vezes tem que ser tomada para não recebermos nenhuma surpresa desagradável.

Em nosso exemplo usaremos como configurar o Fail2Ban para proteger o WordPress, uma vez que tenho percebido que cada vez mais é comum o ataque à servidores hospedados em cloud e em específico os que usam WordPress devido suas vulnerabilidades.

Fail2ban trabalha realizando um filtro com expressões regulares em arquivos de logs e uma reação é realizada de acordo com os filtros configurados na ferramenta .

Continue lendo “Fail2Ban : Bloqueando ataques em ambiente Web”